Congresso Internacional

Quando se aproxima o 40º Aniversário da Revolução que pôs fim ao Estado Novo e abriu caminho à instauração do regime democrático em Portugal, pretende o Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas-UNL, com a parceria  do Teatro Nacional D. Maria II, da Fundação Mário Soares, da Câmara Municipal de Lisboa, da Associação 25 de Abril e da Fundação José Saramago, reunir num Congresso internacional, entre 21 e 24 de Abril, os trabalhos de investigadores dedicados ao estudo do processo revolucionário de 1974-75.

Sem esquecer os efeitos que contribuíram para a posterior consolidação democrática ou as continuidades herdadas do regime anterior, o Congresso focar-se-á fundamentalmente nas diversas manifestações de ruptura e mudança, tendo como objectivo tornar inteligíveis os principais vectores do processo revolucionário e como denominador comum a análise das transformações operadas na sociedade e política portuguesa entre 25 de Abril de 1974 e 25 de Novembro de 1975.

O Congresso A Revolução de Abril reunirá intervenções proferidas por conferencistas internacionais e nacionais convidados e a apresentação de comunicações seleccionadas a partir deste convite à submissão de propostas.